ESCOLHENDO O EQUIPAMENTO DE DJ CORRETO

Primeiramente, para o bom desempenho, é essencial que ele trabalhe com um equipamento de DJ de boa qualidade.

Mas muitas dúvidas sobre a carreira de DJ ainda vêm à tona: É caro? É complexo? Quais são os equipamentos de DJ necessários? E por aí vai… Selecionei algumas dicas para ajudar você a começar neste ramo.

Ser DJ permite unir em um só lugar o amor pela música e a profissão.

Muito se fala sobre ser DJ e sobre o equipamento de DJ, uma das profissões mais cobiçadas pelos jovens. Atrás da pickup, com a música na mão, homens e mulheres são vistos como interessantes, descolados, bem relacionados. Mas, afinal, o que é ser DJ?

ESCOLHENDO O EQUIPAMENTO DE DJ CORRETO

É preciso saber interpretar o ambiente e o público, escolher a track certa, traçar um roteiro, estabelecer sintonia, mixar com exatidão e personalidade (quem nunca foi surpreendido ao ouvir uma música conhecida remixada em uma versão completamente diferente?)… Enfim, compreender o que é a profissão, sacar o público e proporcionar a todos uma energia insuperável. Ser DJ é algo muito além de saber tocar: envolve o sentimento, o amor à profissão e a dedicação em oferecer diversos estados aos ouvintes.

Não se deve levar em consideração apenas se o equipamento de DJ é o caro ou o barato e sim optar por escolher aquele que tem preço justo quanto ao custo-benefício, qualidade, eficiência ou que seja compatível com seu bolso, necessidade técnica, entre outros fatores.

ESCOLHENDO O EQUIPAMENTO DE DJ CORRETO

A função do DJ é mixar as músicas, dando continuidade no som da pista de dança, trocando a música que está tocando pela que vai começar, passando assim de um player para o outro de forma sutil e assim por diante.

Fato é que devemos pensar, acima de tudo, na satisfação do cliente. Independente do que será usado, devemos proporcionar um som de qualidade, envolvente, delirante.